19/03/2019

carros testados e avaliados

Avaliação | Kia Forte | Multimídia parte 2
NOVO CHEVROLET ONIX
Avaliação | Kia Forte – Cerato | Central Multimídia
Avaliação | Kia Forte – Cerato | 33.940 km
Avaliação | Kia Forte | 33.940 km
previous arrow
next arrow
Slider
Pneus - Calibragem

Beleza galera!

 

Vocês já perceberam que temos abordando constantemente assuntos relacionados às férias de verão e manutenção dos veículos, contudo estas dicas se aplicam a qualquer período do ano.

Evidentemente que nas férias prolongadas o carro acaba sendo mais requisitado que o normal, portanto vai aqui mais uma matéria muito importante. Calibragem correta dos pneus.

A calibragem correta dos pneus serve para manter corretamente sua face ao solo. Nesta figura abaixo é bem claro qual a função da calibragem correta.

 

Pneus - Pressão Ideal

Pneus – Pressão Ideal

 

Muitas pessoas não dão atenção devida a este item, e acabam pagando um preço salgado por simples desatenção e falta de cuidado. Em alguns casos, após um breve conversa, você descobre que o problema era preguiça mesmo!

Saiba que cada carro tem uma especificação determinada pelo fabricante conforme anos de estudo da área de engenharia. Inclusive há diferença de valores para modelos iguais, mas versões diferentes, pois as medidas rodas+pneus são outras.

 

QUAL A CALIBRAGEM CORRETA?

Respondendo a pergunta do tópico, como diz o caboclo: VAREIA!

A calibragem dos pneus é determinada sempre em duas medidas: Libras/PSI ou BAR.

O ideal é ler o manual do proprietário, mas se a preguiça bater forte, ou você não possuir o manual do carro, verifique em três locais que provavelmente um deles tem as informações de calibragem em formato de adesivo:

–> Na soleira da porta do motorista.

–> Na porta do motorista.

–> Na tampa do bocal do tanque de abastecimento.

 

Pneus - Especificações de Calibragem

Pneus – Especificações de Calibragem

 

Se você não tiver nenhum destes recursos (manual ou adesivo), faça uma consulta rápida na internet que você encontra. Só “PELAMORDEDEUS”, não fique no achismo!

 

Digamos que você possui uma Meriva 1.4 Joy dos anos de 2009/2010, pneus 175/70R14, por exemplo. Aí você chega ao posto de combustível e o frentista, muito solícito, se oferece para calibrar os pneus.

 

Pergunta: Quantas libras/BAR ele vai colocar?

Será que ele sabe que a calibragem de pneus da Meriva é diferente entre o eixo dianteiro e traseiro?

E você?

Sabia disso?

 

Para este caso os dados corretos são:

–> Eixo dianteiro – sem carga: 33 libras/psi (2,28 bar)

–> Eixo dianteiro – com carga: 29 libras/psi (2,00 bar)

–> Eixo traseiro – sem carga: 36 libras/psi (2,48 bar)

–> Eixo traseiro – com carga: 42 libras/psi (2,9 bar)

 

Mais um detalhe: Lembra quando falei que existe variação num mesmo modelo de carro?

Os modelos disponíveis da Meriva são: Versão 1.4 e 1.8, ambas Premium, SS e Maxx.

Para os modelos com pneus 185/60R15, as medidas de calibragem são:

–> Eixo dianteiro – sem carga: 34 libras/psi (2,34 bar)

–> Eixo dianteiro – com carga: 30 libras/psi (2,07 bar)

–> Eixo traseiro – sem carga: 36 libras/psi (2,48 bar)

–> Eixo traseiro – com carga: 42 libras/psi (2,9 bar)

 

Para deixar este exemplo bem “realista”, numa enquete rápida que fiz com alguns colegas frentistas de onde costumo abastecer o resultado foi:

Sem carga:

–> Quatro deles falaram que colocariam 30 libras/psi nos 4 pneus.

–> Dois deles falaram que colocariam 32 libras/psi nos 4 pneus.

 

Com carga:

–> Todos eles falaram que colocariam 34 libras/psi nos 4 pneus.

 

Percebeu que confiar na boa vontade dos outros pode colocar sua vida em risco?

 

DANOS AOS PNEUS POR CALIBRAGEM INCORRETA

De acordo com a Michellin, constatou-se que 45% dos motoristas rodam com a pressão fora dos limites recomendados. Isso pra mim se chamada: Potenciais homicidas!

 

Cerca de 20% dos casos são considerados muito perigosos, com riscos de rompimento do pneu a curto e médio prazo. Além dessa estatística negativa envolvendo risco, há danos que podem ser considerados ($$$$):

 

Menor vida útil.

É comprovado que andar com pneu com calibragem incorreta reduz a durabilidade em aproximadamente 30% em relação à vida útil normal. Neste cenário pessimista, um pneu que deveria durar 50 mil quilômetros vai durar só 35 mil quilômetros.

Sempre utilizei nos últimos anos pneus Continental, e utilizado corretamente duraram pelo menos 60 mil quilômetros. A questão da durabilidade é assunto para outra matéria.

 

Aumento do consumo de combustível.

A rodagem de um pneu com baixa pressão ocasiona uma deformação exagerada e um aquecimento anormal, isso significa maior resistência para deslocamento do carro. Estima-se que o aumento do consumo varie entre 5% a 7% dependendo do trecho.

 

Estabilidade do carro comprometida.

Com baixa pressão de pneus o carro tende a ficar mais mole ao fazer movimentos laterais. Em caso de calibragem irregular, ao acionar os freios o carro pode sair muito da trajetória.

Existe também o risco de aumentar a possibilidade de aquaplanagem. Quando o pneu fica mais murcho, a área de contato com o solo aumenta e ele empurra a água para frente. O acúmulo de água à frente fica maior. Mais água em contato com o pneu = aquaplanagem. Confere neste vídeo aqui:

 

Com alta pressão de pneus em pista seca, a área de contato com o solo diminui e reduz a aderência do pneu. É comum este cenário provocar a famosa “saída de traseira” ou “saída de dianteira” conforme qual pneu está mal calibrado.

 

Baixa resistência a impactos.

Ao trafegar nas nossas ruas e estradas “maravilhosas”, o pneu terá menos margem para absorver impactos e pode provoca explosões, normalmente nos flancos.

 

Pneus - Estouro

Pneus – Estouro

 

Em casos de curvas bem fechadas com velocidade incorreta, excesso de peso, etc., o pneu com baixa pressão pode sair da roda. Este processo é conhecido como “destalonamento”.

 

Fica a dúvida: E quando se troca o conjunto RODAS + PNEUS por um conjunto maior?

Vou resumir um pouco: A área de engenharia passa anos estudando o melhor conjunto rodas+pneus, aí vem o Zé das Couves trocar seu funcional pneu 175/70R14 por uma “fita isolante” 205/50R16…

Dá um tempo né?!?!

Se fosse colocar somente a vida do Zé das Couves em risco, o problema é dele, mas esta criatura está colocando em risco a vida dos outros!

 

Calibragem para brincar nos Track Days.

Nas vezes que fui a Track Day com meu antigo Focus sempre fui com pneus radiais originais. Suspensão, freios e pneus, tudo original. Antes de chegar ao autódromo eu calibrava os pneus dianteiros com 36 libras, e os traseiros com 38 libras.

 

Esta calibragem deixava o carro com a traseira um pouco mais solta, mas garantia bom divertimento sem destruir ou destalonar os pneus.

 

Você pode até pensar que estas medidas de calibragem são altas, mas para pista não. E tem mais: na pista os pneus esquentam muito, e seu eu fosse medir a pressão logo após uma volta rápida, eles estariam fácil com 42 e 44 libras.

 

Pneus calibrados na medida original dão boa estabilidade ao carro, mas o deixam lento na pista.

 

Veja atentamente a foto abaixo cedida pelo meu amigo Norton, mais um “ratão de Track Day”, vocês conferem algumas coisas interessantes desse dia no Autódromo Internacional de Curitiba.

 

Pneus - Ka Norton Track Day

Pneus – Ka Norton Track Day

 

–> Nesta curva o carro vem com motor cheio, aproximadamente 180 Km/h e freia muito pra tomada da curva à direita em aproximadamente 90 Km/h. É o “S” de baixa no final da reta.

–> Os pneus do lado esquerdo estão bem inflados e não dobram muito, um sinal de calibragem correta.

–> Nem todas as rodas estão no chão! 😯 😈

 

Fica então aqui nossa dica: Faça a checagem da calibragem dos pneus a cada 15 dias, e torne isso um hábito.

Cansei de tirar carros das locadoras com a calibragem toda errada, portanto não coloque sua vida em risco e faça a coisa correta, ou exija que quando fizerem alguma gentileza por você, este “alguém” esteja convicto que fará o certo!

 

Grande abraço!

Eder Matias

 

EXTRAS!

 

Vai sair de férias?

Confere aqui algumas dicas sobre mecânica e manutenção, que podem livrar você de dores de cabeça:

–> Como distribuir corretamente as bagagens no veículo

–> Cuidados com ar condicionado do veículo

 

Pensou em alugar um carro?

Vocês também podem conferir aqui outras dicas sobre férias:

–> Dicas de locação de carro nas férias

–> Dicas sobre seguros de veículos alugados

Artigos Relacionados

Dicas Mecânicas

Um comentário em “Calibrar os pneus corretamente”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Categorias

Arquivo

Enquete

Qual tipo de carro você prefere?
  • Sua opção

Nosso Feed