21/05/2019

carros testados e avaliados

Beleza galera!

 

Desde que os veículos FLEX se popularizaram, existe uma receita básica difundida erradamente para saber se é mais vantajoso para o consumidor abastecer com Gasolina ou Etanol. É a famosa fórmula dos 70%.

 

PORQUE 70%?

Basicamente a diferença está relacionada a uma palavra complicada: Estequiometria.

Parece até nome de doença!

 

Dicionarizando

Estequiometria é o cálculo que permite relacionar quantidades de reagentes e produtos, que participam de uma reação química com o auxílio das equações químicas correspondentes.

 

Contextualizando

Para ter uma queima perfeita de mistura Ar + Combustível, há uma proporção de cada ingrediente que deve entrar na câmara de combustão do motor.

 

Se utilizarmos a gasolina brasileira que tem 22 a 27% de etanol anidro na mistura, a razão estequiométrica é aproximadamente 13:1, ou seja, em qualquer cilindrada ou volume a razão será:

–> 13 partes de AR

–> 1 parte de GASOLINA

 

Para o etanol de cana comercializado no Brasil, esta taxa fica em torno de 9:1, ou seja, em qualquer cilindrada ou volume a razão será:

–> 9 partes de AR

–> 1 parte de ETANOL

 

Em termos práticos, para queimar etanol numa razão perfeita, é necessário aproximadamente 30% a mais de combustível para cada parte de ar. (9 / 13 = 69,23 %)

 

É basicamente isso que mostra a característica calorífica de cada combustível, e trocando em miúdos, representando a facilidade de queima.

 

Gasolina x Etanol

 

FAZENDO AS CONTAS

Fator 70%

Agora que já temos pelo menos ideia de onde vem esta razão de 70%, vamos a um exemplo prático:

–> A Gasolina Custa R$ 3,50.

–> O Etanol Custa R$ 2,50.

–> Multiplicando o valor da Gasolina pelo fator “0,7” (70%), tem-se o valor ideal do Etanol.

3,50 * 0,7 = 2,45

 

–> Usando o raciocínio inverso, basta dividir o valor do Etanol pelo fator “0,7” (70%), tem-se o valor ideal da Gasolina.

2,50 / 0,7 = 3,57

 

Por esta conta básica temos o seguinte cenário:

–> O melhor seria abastecer com Gasolina, pois o valor ideal do Etanol seria R$ 2,45 usando o preço da Gasolina como base, mas seu preço é de R$ 2,50.

–> O melhor seria abastecer com Gasolina, pois o valor ideal da Gasolina seria R$ 3,57 usando o preço do Etanol como base, mas seu preço é de R$ 3,50.

 

Certo?

ERRADO!!!!

 

Fazendo as contas corretas

Utilizando o mesmo cenário de preços acima, mas considerando alguns fatores essenciais para o cálculo correto, o que temos é o seguinte:

–> A Gasolina Custa R$ 3,50.

–> O Etanol Custa R$ 2,50.

–> Média do veículo na Gasolina 12,0 Km/l

–> Média do veículo no Etanol 9,5 Km/l

– Estes valores de média variam muito, portanto é uma medida pessoal e determinante no cálculo.

 

–> Multiplicando o valor da Gasolina pelo fator do veículo, tem-se o valor ideal do Etanol.

–> R$ 2,77

 

Neste caso abastecer com Etanol ao preço de R$ 2,50 é vantajoso.

 

Gasolina ou Etanol

Este cálculo da melhor escolha do combustível para ser correto deve levar em consideração outros fatores e não somente o preço dos combustíveis. Os fatores que estão faltando na conta são:

–> Média de consumo na Gasolina

–> Média de consumo no Etanol

–> Tamanho do tanque de combustível, mas este é opcional

 

Estes dados variam de veículo para veículo e condutor para condutor, mesmo sendo de modelos idênticos.

Os principais fatores que afetam na média de consumo de combustível são:

–> Projeto do motor do veículo

–> Estado de conservação do veículo (idade e tempo de uso do motor)

–> Modelo de pneus

–> Calibragem de pneus

–> Carga utilizada no veículo (peso desnecessário)

–> Forma de condução

–> Trajeto

–> Mistura de etanol anidro à gasolina (isso varia de 22% a 27%)

 

Os dados que são divulgados pelas montadoras são apenas estimativas baseadas nas métricas de cada montadora, e talvez o que mais se aproxime da realidade são os dados do Inmetro – Conpet, mas na verdade a relação Veículo x Condutor é o que determina do cálculo correto.

 

O que mais assusta é a imprensa escrita e televisiva divulgando estes cálculos do 70% de forma errada, e induzindo o consumidor ao erro!

 

Grande Abraço

Eder Matias

 

Quer saber quantos e quais carros já testamos e avaliamos?
Consulte o Índice das Avaliações dos Carros:

Índice das Avaliações dos Carros

 

Dicas Mecânicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos

Nosso Feed