22/10/2017

carros testados e avaliados

Avaliando | BOLT EV | Veículo 100% elétrico

Avaliando | Up! TSi | Test Drive

SUPER TRIO | Os melhores carros do Brasil

Sob Nova Direção

Avaliação | Renegade 1.8 | Test Drive parte 2

Arrow
Arrow
Slider
Os piores e melhores carros do Brasil
SUPER TRINCA | Carros 1.0

 

Você se lembra daquele jogo que apresentava os dados dos carros impressos em cartas e jogava-se comparando aqueles números e ganhava quem apresentava a carta com o maior número? Isso mesmo, o Super Trunfo. E baseado naquele jogo da década de 60 lançamos aqui a Super TRINCA e o Super TRIO, sendo a “trinca” os 3 piores carros do país e o “trio” os 3 melhores carros do país em suas respectivas categorias.

 

Os piores carros do Brasil com motor 1.0:

Apresentamos então o terceiro pior carro do Brasil:

O terceiro pior carro do Brasil

FIAT Mobi
Potência: Gasolina 73 cv a 6500 rpm / Etanol 75 cv a 6250 rpm
Torque: Gasolina 9,5 mkgf a 3850 rpm / Etanol 9,9 mkgf a 3850 rpm
Número de cilindros: 4
Massa: 945 kg
Carga útil: 400 kg
Relação Peso x Potência: 18,4 kg para cada cavalo de potência
Crash test: Nota 19,20 | 1 estrela | reprovado

 

Motivo: Foi reprovado no Crash Test do Latin NCap ficando com a nota 19,20 de um máximo de 34 recebendo apenas 1 estrela. Confira o resultado completo clicando: aqui

 

O segundo pior carro do brasil também é da FIAT:

O segundo pior carro do Brasil

FIAT Palio
Potência: Gasolina 73 cv a 6000 rpm / Etanol 75 cv a 6000 rpm
Torque: Gasolina 9,5 mkgf a 3850 rpm / Etanol 9,9 mkgf a 3850 rpm
Número de cilindros: 4
Massa: 999 kg
Carga útil: 400 kg
Relação Peso x Potência: 17,8 kg para cada cavalo de potência
Crash test: Nota 18,09 | 1 estrela | reprovado

 

Motivo: Assim como o FIAT Mobi o Palio também foi reprovado no Crash Test do Latin NCap mas acabou ficando com uma nota ainda pior que o Mobi, o Palio ficou com a nota de 18,09 de um máximo de 34 recebendo apenas 1 estrela também. Confira o resultado completo clicando: aqui

 

Já o pior carro do Brasil é na verdade uma grande incoerência, afinal ele é o líder de vendas a mais de dois anos no país, muito provavelmente será o carro mais vendido este ano também, é o queridinho do Brasil entretanto “zerou” no teste de colisão, acompanhe:

O pior carro do Brasil

Chevrolet Onix – o Super Trinca
Potência: Gasolina 78 cv a 6400 rpm / Etanol 80 cv a 6400 rpm
Torque: Gasolina 9,5 mkgf a 5200 rpm / Etanol 9,8 mkgf a 5200 rpm
Número de cilindros: 4
Massa: 1023 kg
Carga útil: 375 kg
Relação Peso x Potência: 17,9 kg para cada cavalo de potência
Crash test: Nota zero | reprovado

 

Motivo: Assim como o FIAT Mobi e o FIAT Palio, o Onix também foi reprovado no Crash Test do Latin NCap mas acabou ficando com a pior nota dos três, o Onix conseguiu a proeza de tirar NOTA ZERO em um máximo de 34 pontos possíveis, recebendo nenhuma estrela. Confira o resultado completo clicando: aqui

 

E tem gente que acha que os testes de colisão são muito rigorosos com nossos carrinhos “tão fofinhos” e “bonitinhos” basta lembrar que o limite de velocidade nas rodovias do nosso país é de 110 km/h para automóveis, quando não houver sinalização específica, é o que diz o CTB – Código de Trânsito Brasileiro lei nº 9.503/97 em seu artigo 61 parágrafo 1º, mas existem rodovias no Estado de São Paulo onde pode-se rodar a 120 km/h e ainda estar de acordo com a legislação, ou seja, um impacto lateral a 50 km/h é o mínimo do mínimo que o veículo precisa suportar pois corresponde a menos da metade da velocidade máxima permitida em rodovias sem sinalização específica de limite de velocidade.

 

Além disso, o fato é que os testes do Latin NCap nem são os mais rigorosos que existem. Os do IIHS – Insurance Institute for Highway Safety estadunidense por exemplo são bem mais rigorosos pois além do impacto frontal e lateral como no Latin NCap o tal instituto ainda realiza mais 2 testes:

 

1 – Small overlap front: Impacto frontal que atinge apenas 1/4 ou 25% da frente do carro simulando a colisão com um poste a 40 milhas por hora ou 64 km/h. Muitos veículos que são aprovados no teste de colisão frontal que atinge 100% da frente do carro ou mesmo nas colisões que atingem apenas 40% da frente do carro, caso do Latin NCAP, são reprovados no teste Small overlap front. Este é o teste mais rigoroso do mundo. Muitos carros, inclusive esportivos, não passam nesse teste, foi o caso do Dodge Challenger, confira clicando: aqui

 

2 – Roof strength: Consiste em amassar o teto do carro simulando um capotamento, neste item nem o Chevrolet Camaro foi aprovado, ganhou apenas uma menção “Aceitável” confira clicando: aqui

 

Além disso o IIHS ainda avalia suportes de cabeça e assentos e os faróis do carro, ou seja, alguns carros que passam nos testes de colisão não estão 100% aprovados pois ainda podem ser reprovados no teste de eficiência de luminosidade dos faróis dianteiros. Veja alguns exemplos de carros que foram aprovados no Crash Test mas que foram reprovados nos testes de eficiência de luminosidade dos faróis, inclusive o Ford Fusion, confira clicando: aqui

 

Resumindo tudo, um veículo que é reprovado no Crash Test do Latin NCap, um dos testes mais fracos realizados no mundo, não suporta o impacto de uma colisão lateral a apenas 50 km/h. Baseado nisso, você ainda acha que os testes de colisão do Latin NCap são muito rigorosos ou os carros reprovados é que são umas verdadeiras porcarias?

 

Reprovar no teste do Latin NCap é o mesmo que reprovar na escola o Ensino Fundamental porque ser aprovado no Latin NCap não tem nenhum mérito, é obrigação.

 

É isso ai pessoal, aguardem a revelação do SUPER TRIO os 3 melhores carros do Brasil com motor 1.0, até a próxima!

 

Ricardo Rico
Membro da equipe Avalia Carros, Ricardo Rico é Instrutor de Trânsito formado pelo CEVAT credenciado pelo DETRAN/SP e também é DOV – Despachante Operacional de Voo.

 

Quer saber quantos e quais carros já testamos e avaliamos?
Consulte o Índice das Avaliações dos Carros:

Índice das Avaliações dos Carros

 

O Avalia Carros é uma iniciativa independente e como tal está aberto às propostas de negociação para parcerias de colaboração e publicidade, caso seja de seu interesse deixe recado nos comentários que entraremos em contato.
Equipe Avalia Carros

Artigos Relacionados

Rico Avalia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


* Obrigatório

Categorias

Arquivo

Enquete

Qual tipo de carro você prefere?
  • Sua opção

Nosso Feed