19/09/2019

carros testados e avaliados

Eu aluguei e avaliei o Hyundai HB20 Comfort 1.0, confira como foi avaliação.
HB20 Comfort 1.0

 

No sábado passado (05NOV16) precisei de um carro para ir até um aniversário e o carro locado desta vez foi o HB20 Comfort com motor 1.0. A avaliação desse carro foi um desafio pois eu já aluguei e avaliei outro HB20 Comfort mas na versão PLUS e este era a versão básica. Acompanhe o passo a passo da avaliação e descubra como foi a locação:

 

Condições do teste:

O carro rodou apenas em perímetro urbano nas cidades de São Caetano do Sul/SP e São Bernardo do Campo/SP com tempo bom e temperatura média em torno de 20ºC e não enfrentou trânsito pesado.

 

Avaliação do Carro:

 

Posição de dirigir: O volante tinha um excelente tamanho e não ocultava nenhum mostrador quando em posição normal, não era pequeno e nem grande, tinha tamanho ideal e com uma vantagem que só se vê em carros maiores e mais luxuosos: controle de volume e de sintonia do rádio/toca CD e botões para atendimento de ligações telefônicas. Entretanto não possuía regulagem de altura.

 

O painel de instrumentos era bem resolvido, mostrava bem as principais funções mas não tinha computador de bordo, entretanto possuía dois odômetros parciais além de conta giros.

painel de instrumentos claro e de fácil leitura

painel de instrumentos claro e de fácil leitura

 

O carro não possuía banco de couro e muito menos ajuste elétrico, entretanto acomodava bem o corpo, também não possuía regulagem de altura do assento entretanto possuía ao menos uma regulagem de inclinação da base do assento o que já ajuda bastante:

banco do motorista com regulagem da inclinação do assento.

banco do motorista com regulagem da inclinação do assento através de roda “dentada”.

 

Os tapetes eram os “tapetes originais” do carro daqueles que se encaixam perfeitamente nos ganchos do assoalho que colaboram para que eles permaneçam sempre na posição ideal sem interferir no acionamento dos pedais de acelerador, freio e embreagem.

tapetes originais do carro que se encaixam perfeitamente nas travas do assoalho

tapetes originais do carro que se encaixam perfeitamente nas travas do assoalho

 

Mas nem tudo são elogios, duas coisas me surpreenderam neste carro, a alavanca do comando de acionamento das setas de direção e a alavanca do comando de acionamento do limpador de para-brisas. O comando de acionamento das setas e o de comando de acionamento do limpador de para-brisas não eram do tipo “toque leve” daquele que basta encostar na alavanca e as setas já são acionadas, o mesmo ocorreu com a alavanca do limpador de para-brisas. No geral, a posição de dirigir é muito boa e me surpreendeu.

 

Espaço interno e conforto: Ruim se você tem família, esposa e filhos por exemplo, mas se você é solteiro ou solteira e usa o carro apenas no dia a dia para trabalhar ou se deslocar em pequenos trajetos sobretudo na cidade grande, cumpre bem o objetivo. Acabamento espartano, possuía o básico, como vidros elétricos apenas nas portas dianteiras.  A profusão de plásticos duros era absurda entretanto até pode ser considerada normal em um carro dessa categoria, afinal até carros de maior cilindrada (1.6 por exemplo) são assim hoje em dia e no final das contas até que a qualidade do material utilizado não era das piores. A direção é hidráulica e progressiva e permite uma condução muito segura, é mole apenas quando necessária, em manobras e em baixa velocidade. Do resto não houve do que reclamar.

 

Porta-malas: Quase inexistente e com uma desvantagem adicional, nesse modelo o estepe fica sob o assoalho do porta-malas o que será sempre um transtorno caso o porta-malas estiver sendo utilizado e o motorista precisar fazer uso do estepe. Mais uma vez está comprovado que este não é o veículo ideal para longos trajetos e viagens familiares.

 

Ar condicionado: Não era digital e não possuía difusor de ar para quem vai no banco de trás.

 

Nível de ruído: Não foi observado nenhum ruído excessivo que pudesse ser relatado aqui. Primeiro porque eu rodei muito pouco com este carro e não foram enfrentados pisos irregulares de asfaltamento ruim e o carro rodou apenas em perímetro urbano com velocidade máxima de 60 km/h

 

Vida a bordo: Em termos de facilidades a bordo esse HB20 não tinha nada demais, não havia kit multimídia, não havia sistema de som de qualidade, existia apenas um rádio AM/FM com entrada USB com auto-falantes localizados nos painéis das portas dianteiras e traseiras e só, para ser feliz.

 

Suspensão: Boa. A suspensão não é um primor do silêncio como aquelas dignas de carros luxuosos, mas mostrou-se satisfatória, absorve bem os impactos e o barulho de pisos irregulares, já vi mais silenciosas mas apenas em carros de categoria superior.

 

Motor: Parece estar bem dimensionado para o carro pois apesar de ter apenas 3 cilindros, surpreendeu. O silêncio vai embora quando em acelerações bruscas com elevação rápida de giro mas nada que desabone. Subidas em baixa rotação com marcha superior à requisitada com “batida” de válvulas e mais lento que uma lesma como um carro mil tradicional? Esquece. O motor é valente, como um 1.4 em termos de performance, mesmo sendo apenas 1.0 e mesmo em subidas íngremes sobra acelerador para acionar.

 

Câmbio: A relação é boa, as marchas são bem escalonadas além de suficientes para a atender a proposta do carro com uma vantagem adicional, possui uma manopla de acionamento curtinha, estilo esportivo, gostei bastante.

 

Comentários Gerais:

 

Pontos Negativos:
1 – A unidade avaliada não tinha alarme, possuía apenas acionamento das travas elétricas através da chave do carro quando inserida no miolo da fechadura da porta do motorista, não possui acionamento remoto na chave.
2 – A alavanca de regulagem no encosto dos bancos dianteiros é o mesmo sistema do Uno, há a necessidade de se desencostar do encosto para regulagem em posição mais alta ou acionar a tal alavanca e empurrar o banco com as costas para uma posição mais baixa.

 

Pontos Positivos:

1 – Mesmo sendo um carro de câmbio manual faz-se necessário pisar na embreagem para se conseguir dar partida no carro, isso evita aqueles sustos do carro pular à frente quando por distração se dá a partida com ele engatado.
2 – Visual moderno e design arrojado, o carro é muito bonito.

 

Considerações Finais: Como todo carro mil moderno (e eles estão cada vez mais parecidos não apenas no visual, mas no desempenho, no tamanho, espaço interno e custo de aquisição não importando a qual marca pertença) são bons carros para se locomover nas grandes cidades, o carro demonstrou-se ágil e esperto no trânsito. Esta foi a segunda vez que dirigi um veículo Hyundai.

 

A pergunta crucial: Independente de preço ou poder aquisitivo, você compraria este carro? Sim. E vou dizer o porquê: Os carros básicos de cada montadora estão bem “pasteurizados”, muito parecidos, aquele que oferece algo a mais cobra e muito caro por isso, então na verdade o que vai definir a compra de um carro básico hoje em dia no Brasil é a simpatia do consumidor pela marca, a economia de combustível proporcionada, a facilidade de encontrar peças e Assistência Técnica com preços honestos, extensa garantia e para finalizar, um dos principais itens: a “beleza” do carro e nesse quesito esse carro da Hyundai é campeão entre os populares. É de longe o carro mais bonito e simpático do mercado. O único problema disso é que se você não quer chamar a atenção e passar despercebido esse não é o carro ideal pois ele é bem chamativo.

 

A avaliação do carro em números:

 

Custo efetivo da locação: A locação do veículo ficou em R$ 127,70 sendo uma diária de R$ 99,99 mais uma proteção básica de R$ 28,00 mais uma proteção básica a terceiros de R$ 10,00 mais 12% de taxa administrativa chamada de taxa de Aluguel de R$ 13,68 mais taxa de retorno por ter devolvido o carro em local diverso de onde foi retirado (aluguei em São Caetano do Sul/SP e devolvi em São Bernardo do Campo/SP) de R$ 15,00 e também ganhei um desconto promocional de 38,97% R$ 38,97. Com combustível foram gastos outros R$ 6,32. Total Geral: R$ 134,02 ou R$ 4,79 por quilômetro rodado. Importante deixar um elogio à locadora Localiza que inovou ao adquirir veículos Hyundai e sair da “mesmice” de oferecer apenas veículos da FIAT, VOLKSWAGEN, FORD E RENAULT. O atendimento na loja foi nota 9. Enfim, parabéns à Localiza por oferecer veículos diferenciados, afinal diferente de quem compra um carro, quem aluga quer sempre uma novidade pois gosta de variar. Retirei o carro na locadora com 12.725 km e devolvi com 12.753 km. Veículo de cor branca categoria B (carro mil com ar condicionado)

 

Consumo efetivo apurado: Não foi possível aferir o consumo dessa vez pois rodei apenas 28 km e no momento de devolver o carro à locadora o marcador do tanque de combustível ainda acusava tanque cheio. Seguindo a nova diretiva do Avalia Carros sobre o método de abastecimento e checagem da calibragem dos pneus do carro assim que o carro é entregue pela locadora parei no primeiro posto de serviço para abastecimento e pedi para o frentista completar o tanque de combustível, entraram 2,2 litros de etanol até o primeiro destravamento da bomba de combustível totalizando R$ 6,32 com o etanol a R$ 2,899 o litro. Na calibragem dos pneus foi verificado que nenhum deles obedecia a recomendação do manual do proprietário de 32 psi para todos os pneus. Foram verificadas calibragens até 7 psi abaixo da pressão recomendada, o pneu traseiro esquerdo por exemplo estava com apenas 25 psi.

 

O consumo segundo o INMETRO: Para o INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, esse é um veículo de índice A na “Comparação Relativa na Categoria” e na “Comparação Absoluta Geral” é índice A também, ou seja, para o INMETRO ele é um veículo eficiente o ponto de vista do consumo de energia.

Consumo de 8,5 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada para etanol

Consumo de 12,5 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada para gasolina

Este veículo possui o selo CONPET de eficiência energética. Consulte aqui.

Tabela de consumo do Inmetro 2016 completa e atualizada em 08/11/2016, clique aqui.

 

Dados complementares:

o Air Bag: Sim
o ABS: Sim
o EBD: Sim
o ESP: Não
o Controle de tração: Não
o Controle de rampa: Não
o Isofix: Não

o Cintos de segurança: transversais e abdominais (3 pontos) na frente e atrás (exceto para o assento central do banco traseiro que é apenas abdominal).

 

Ricardo Rico

 

Eu já aluguei e avaliei outro HB20 Comfort mas da versão PLUS, confira:

Avaliando o HB20 Confort Plus 1.0 Flex | 25 km

Rico Avalia

3 thoughts on “Avaliação do HB20 Comfort 1.0 | 12.725 km”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos

Nosso Feed