25/08/2019

carros testados e avaliados

O alto custo de um veículo parado
Honda CG 125i

 

Você tem curiosidade de saber quanto seu veículo custa por cada quilômetro que você roda com ele?

 

Um carro ou uma moto podem ser ou não uma fonte de prazer pois depende de uma série de fatores como potência, tamanho, design, estilo, preço, entre outros. Se não podemos determinar com precisão se um veículo é ou não uma fonte de prazer com certeza podemos afirmar que um veículo é um poço profundo de gastos.

 

Mesmo sem rodar um único quilômetro sequer um veículo produz gastos como IPVA, licenciamento e seguro por exemplo, esses vencem todo ano independente da utilização do veículo. Entretanto existe coisa pior, existe um outro gasto que dependendo do veículo chega a ser um gasto tão alto quanto o custo com combustível, é como se a cada tanque de combustível consumido o veículo consumisse outro e o pior de tudo, na maioria das vezes sem a percepção por parte do proprietário, afinal podemos classificar esse gasto como invisível pois o proprietário nem percebe que está gastando e apenas se dará conta dele na hora de vender o veículo no mercado de seminovos ou usados, é a chamada desvalorização.

 

A desvalorização pode representar 35% ou mais dos gastos totais de um veículo. E como gastos totais estamos considerando todos os custos provenientes de peças, mão de obra, revisões, impostos, combustível, entre outros, todos atualizados pelo índice oficial da poupança que é o investimento mais popular e de fácil acesso a todos os brasileiros. Essa forma de atualização é necessária para que um gasto efetuado a 2 anos atrás em um carro ou moto com 5 anos de uso por exemplo possa ser revertido em valores atuais para que os cálculos representem fielmente o valor real e atualizado da quantia gasta.

 

Bem, mas como calcular tudo isso e saber exatamente qual é o Custo por Quilômetro Rodado de um veículo?

 

Para determinar com exatidão, o site Avalia Carros apresenta aos nossos leitores a fórmula CQR do Custo por Quilômetro Rodado, uma fórmula que iremos dividir em 3 partes para que seja melhor compreendida, vejamos:

 

CQRM – Esse é o Custo por Quilômetro Rodado Mínimo que contempla apenas a desvalorização do veículo e os custos fixos, ou seja, todas as despesas que você terá independente da utilização ou não do veículo somados ao Custo de Oportunidade¹.

 

CQRE – Esse é o Custo por Quilômetro Rodado Efetivo que inclui além da desvalorização do veículo e os custos fixos do CQRM, os gastos com combustível e manutenção, custos esses que dependem diretamente da utilização do veículo novamente somados ao Custo de Oportunidade¹.

 

E por fim:

CQRG – Esse é o Custo por Quilômetro Rodado Global que inclui além da desvalorização do veículo e os custos fixos do CQRM, os gastos com combustível e manutenção do CQRE e os custos extras e ou específicos que dependem ou não da utilização direta do veículo mais o Custo de Oportunidade¹.

 

Custo de Oportunidade¹ é o que você deixa de ganhar se o dinheiro estivesse aplicado em alguma aplicação financeira ou simplesmente a atualização do valor pelo índice oficial de inflação ou qualquer outro que o valha.

Você pode acessar a fórmula detalhada clicando aqui

 

Através destes cálculos descobriremos que manter um veículo fora de utilização e parado pode ser mais oneroso que mantê-lo em utilização e pleno funcionamento e no próximo artigo abordarei o alto custo de se manter um veículo parado sem uso.

 

É isso ai pessoal, até a próxima!

 

Ricardo Rico
Membro da equipe Avalia Carros, Ricardo Rico é Instrutor de Trânsito formado pelo CEVAT credenciado pelo DETRAN/SP e também é DOV – Despachante Operacional de Voo.

 

Quer entender melhor o cálculo do Custo por Quilômetro Rodado?
Acesse:

Teste de Longa Duração | FORD KA+ 1.5 | Estreia

 

O Avalia Carros é uma iniciativa independente e como tal está aberto às propostas de negociação para parcerias de colaboração e publicidade, caso seja de seu interesse deixe recado nos comentários que entraremos em contato.
Equipe Avalia Carros

 

Rico Avalia

One thought on “O alto custo de um veículo parado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos

Nosso Feed