25/01/2021

carros testados e avaliados

Avaliando carros mais vendidos no Brasil
Até vale, mas tem regras!

 

O problema não é ter vendido pouco ou muito, o maior problema é o carro parar de ser fabricado. Sim, porque depois do valor de aquisição, da despesa com combustível, e em alguns casos desvalorização, a manutenção é o quarto maior gasto com o veículo, confira: (clicando aqui). E esse gasto pode ser baixo ou extremamente alto dependendo do carro e dependendo se ele ainda é fabricado ou não. Enquanto o carro é fabricado nem sempre é garantido se encontrar peças, muitas vezes a montadora pode ter problemas com distribuição e fornecimento de peças, mas depois que ele deixa de ser fabricado ai então a situação piora muito.

 

Se o carro deixa de ser fabricado ai sim vai depender da quantidade de unidades vendidas a facilidade de se encontrar peças e se vale a pena ou não ter um. Isto porque o mercado funciona pela lei da oferta e procura e em muitos casos de carros que venderam pouco, quando você consegue encontrar peças o valor é absurdo.

 

Agora, quando o carro vendeu muitas unidades como no caso do Volkswagen Gol por exemplo que vendeu mais de 7 milhões de unidades no Brasil, ai você encontra e vai encontrar peças por um longo tempo. O caso do Gol é mais significativo ainda por que além disso ele ainda é fabricado, então esse você pode comprar sem medo. Outros que se pode comprar sem medo são carros que venderam acima de 1 milhão de unidades (não importando a marca), abaixo desse número a coisa começa a complicar.

 

Então a situação é mais ou menos esta:

 

Vermelho
Se a quantidade vendida for menor de 500 mil unidades

 

Amarelo
Se a quantidade vendida ficar entre 500 mil e 1 milhão de unidades

 

Verde
Se a quantidade vendida for maior que 1 milhão de unidades

 

Apesar da obrigatoriedade da montadora ter que manter um estoque de peças de reposição por um longo período, na prática sabemos que não é bem assim que acontece, desta forma carros que venderam menos de 500 mil unidades normalmente ficam restritos a algumas cidades, normalmente capitais de Estados e muitas vezes restritas apenas aos Estados mais populosos, é comum procurar por uma peça mas a concessionária da marca encontrar a tal peça apenas em uma outra concessionária de outro Estado da União.

 

Para carros que venderam de 500 mil a 1 milhão de unidades é mais fácil de se encontrar peças nas capitais de Estado e em cidades médias, mas no interior de determinados Estados ai complica um pouco dependendo da marca, se vendeu bem ou não em determinado Estado da União. Por exemplo, tem carros que vendem muito bem em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais mas que venderam bem pouco nos Estados do Sul ou no Nordeste do país.

 

Já os carros que venderam mais de 1 milhão de unidades é muito fácil encontrar peças em todo canto do país salvo raríssimas exceções.

 

Quais carros venderam mais de 1 milhão de unidades no Brasil?

 

Para facilitar a consulta eu criei uma tabela, confira:

 

TOP 10 – Carros MAIS VENDIDOS no Brasil desde 2009
Carro: Quantidade vendida:
1 – Volkswagen Gol 2.337.871
2 – FIAT Uno 1.576.059
3 – FIAT Palio* 1.398.074
4 – Chevrolet Onix 1.314.615
5 – FIAT Strada 1.206.997
6 – Volkswagen Fox 1.043.891
7 – Ford Ka 946.451
8 – Hyundai HB20 875.008
9 – Renault Sandero 869.154
10 – FIAT Siena* 849.783

 

Esses números foram obtidos no site Autoo e para conferir os dados apresentados ou consultar a venda de outros carros, acesse: (clicando aqui).

 

*Nota: Da lista acima apenas FIAT Siena (10) e FIAT Palio (3) deixaram de ser fabricados. Ainda assim o Palio vendeu mais de 1 milhão de unidades enquanto era fabricado, ou seja, no quesito manutenção, você pode comprar sem aquele medo de não encontrar peças, haverá peças para ele por muitos anos ainda. O Siena é quase a mesma coisa afinal o Siena é a versão sedã do Palio.

 

O Volkswagen Gol merece destaque, os números são tão impressionantes que acredite, você pode comprar sem medo até mesmo a primeira geração do carro comumente conhecida pelo apelido de Gol “quadrado” pois só dessa primeira geração foram produzidos mais de 1 milhão de unidades. Montado sobre a plataforma BX de 1982 a 1994 a Volkswagen comemorou ainda em 1993 a produção do milionésimo Gol quadrado, confira:

Em 1993 foi atingida a marca de 1 milhão de Gols quadrados produzidos.

 

Eu mesmo estou reformando um Gol quadrado 1989 CL 1.8 e não encontrei nenhuma dificuldade em conseguir peças de reposição, em São Paulo capital, pelo menos até agora.

 

Dica importante: Se a sua opção for pelo Gol quadrado recomendo optar pelos modelos mais novos, ou menos velhos digamos assim como os modelos de 1993, 1994 e 1995, chamados vulgarmente de “chinesinhos” (como o da foto publicada acima), por conta do valor de mercado e o custo para reformá-los caso necessitem de reforma ou manutenção pesada. O meu é de 1989 e já gastei mais de 100% do valor do carro na reforma. Confira: (clicando aqui).

 

Quer saber mais detalhes sobre o Volkswagen Gol?
Acesse:

 

Como você pode perceber, do ponto de vista da manutenção, os veículos que venderam mais de 1 milhão de unidades podem ser comprados sem medo pois são os veículos populares que mais vemos rodando em nossas ruas e rodovias. Mas atenção, a maioria tem problemas de SEGURANÇA, mas esta é uma outra história que eu vou te contar em breve.

 

É isso ai pessoal, até a próxima!

 

Ricardo Rico
Membro da equipe Avalia Carros, Ricardo Rico é Instrutor de Trânsito formado pelo CEVAT credenciado pelo DETRAN/SP e também é DOV – Despachante Operacional de Voo.

 

Viu o artigo sobre o mito do carro econômico?
Acesse:

Avaliando | O mito do carro econômico

 

O Avalia Carros é uma iniciativa independente e como tal está aberto às propostas de negociação para parcerias de colaboração e publicidade, caso seja de seu interesse deixe recado nos comentários que entraremos em contato.
Equipe Avalia Carros

 

Rico Avalia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos

Nosso Feed