26/09/2021

carros testados e avaliados

Avaliação GM Brasil aumenta a capacidade de porta-malas do Chevrolet Onix Plus

SEDÃS TOP 500

 

Quem deseja comprar um sedã normalmente está interessado em um veículo cuja bagagem a ser alocada no porta-malas fique separada da cabine de passageiros e de preferência que este compartimento tenha grande capacidade volumétrica afinal quem compra um sedã não quer quando vai viajar ter que colocar malas, bolsas ou mochilas dentro do carro por não caber no porta-malas.

 

Enquanto carros de traseira hatchback, SUVs e Crossovers geralmente oferecem a flexibilidade da cobertura móvel e dos bancos rebatíveis, os sedãs agradam quem busca a segurança de um compartimento próprio para acomodação de bagagens segregado da cabine de passageiros. Por conta desta característica específica hatches, SUVs e Crossovers não tem o compromisso em oferecer grande capacidade volumétrica de porta-malas, já um sedã precisa necessariamente oferecer uma grande capacidade volumétrica deste compartimento caso contrário corre o sério risco de ser substituído por um SUV na linha de montagem do fabricante. Resumindo, oferecer uma grande capacidade volumétrica de porta-malas garante a um sedã chances maiores de sobrevivência no mercado cada vez mais dominado por hatches, SUVs e Crossovers que a grosso modo são hatchbacks de “salto alto” equipados com rodas de grande diâmetro.

 

Polêmicas a parte, os consumidores fiéis de veículos sedãs tem procurado comprar modelos que oferecem maior capacidade volumétrica de porta-malas. A prova disso é que sedãs que oferecem 500 ou mais litros de capacidade de porta-malas, os chamados SEDÃS TOP 500, tem crescido cada vez mais nas vendas em detrimento dos que oferecem uma capacidade volumétrica menor que estão perdendo espaço no mercado e nas linhas de montagem das montadoras em geral.

 

E o ápice desta afirmação ocorreu no mês passado, as vendas do SEDÃ TOP 500 Stellantis FIAT Cronos assustou o mercado, vendendo no mês quase 3 vezes o que vendeu o Volkswagen Virtus – ainda o líder de vendas do ano. Confira o desempenho do FIAT CRONOS clicando aqui

 

Este desempenho fez com que as montadoras se mobilizassem rapidamente a ponto da CHEVROLET divulgar um material de campanha esta semana no qual a montadora resolveu “rever” o tamanho do porta-malas de alguns de seus carros. E assim, “milagrosamente” o porta-malas do sedã Onix Plus subiu de “oficiais” 469 litros (1 litro menor que o porta-malas do CARRO MAIS VENDIDO NO MUNDO, o Toyota Corolla e seus 470 litros) para atuais 500 litros de capacidade de porta-malas. Confira o tamanho dos porta-malas dos principais sedãs do mercado com mais de 470 litros de capacidade clicando aqui

 

A GM é conhecida mundialmente pela baixa capacidade volumétrica dos porta-malas de seus sedãs, é a rainha das mendigarias. Vejamos o Chevrolet Malibu o único sedã atualmente fabricado e vendido pela marca nos Estados Unidos, na Coréia e na China (não é o único) que possui apenas 15.7 pés cúbicos ou 444 litros de capacidade de porta-malas, o seu concorrente direto, o finado Ford Fusion possuí um porta-malas de 514 litros. Até o badalado Chevrolet Monza fabricado e vendido na China, que especula-se se virá ou não ao Brasil, possui um porta-malas decepcionante de 404 litros de capacidade. Temos ainda o Chevrolet Cavalier fabricado e vendido no México com apenas 405 litros de porta-malas. Ou o Chevrolet Beat NB (Notchback) com míseros 385 litros ou mesmo o Chevrolet Aveo com ridículos 366 litros de capacidade de porta-malas.

 

Nem mesmo o estonteante e lindíssimo Cadillac CT5 e seu irmão mais novo igualmente lindo, o Cadillac CT4, possuem porta-malas decentes, 11.9 pés cúbicos ou 336 litros e 10.4 pés cúbicos ou 302 litros respectivamente, esses compartimentos são tão miseráveis que conseguem ser menores que os porta-malas do Renault Megane hatchback vendido na Austrália que possui um porta-malas de 434 litros ou 15,3 pés cúbicos de capacidade ou do Kia Cerato GT outro hatchback também vendido na Austrália com porta-malas de 428 litros de capacidade ou 15.1 pés cúbicos, ou seja, os dois sedãs de luxo da General Motors possuem porta-malas medíocres.

 

Até mesmo na China onde os sedãs da marca Buick são muito cultuados eles não possuem grandes capacidades volumétricas de porta-malas em geral. Nos Estados Unidos a Buick não possui nenhum sedã em seu portfólio. Na China, o Buick Regal, mais conhecido no mundo como Opel Insignia, possui um porta-malas entre 434 e 441 litros dependendo da versão. Confira clicando aqui. Já o Buick Verano possui um porta-malas de 455 litros. Confira clicando aqui. Por fim tem o Buick Excelle que possui um porta-mlas com 491 litros. Confira clicando aqui.

 

Resumindo, o único sedã decente em termos de capacidade de porta-malas fabricado pela GM no mundo é o Buick LaCrosse fabricado e vendido na China que possui 523 litros de capacidade. Confira clicando aqui

 

Avaliando o Buick LaCrosse 2021
Buick LaCrosse – SEDÃ TOP 500 – com 523 litros de capacidade de porta-malas

 

Da marca Chevrolet, o único sedã decente em termos de porta-malas era o Impala com nada mais nada menos que 18.8 pés cúbicos ou 532 litros de porta-malas, o que lhe renderia 2 estrelas no nosso ranking de porta-malas, mas este deixou de ser fabricado em 2020 para dar lugar ao Hummer elétrico na linha de montagem de Hamtramck em Detroit-Michigan.

 

No Brasil a Chevrolet também é uma decepção, o único sedã com mais de 500 litros de porta-malas era o Chevrolet Cobalt que possui 563 litros de capacidade mas deixou de ser fabricado. Já o Chevrolet Cruze possui apenas um “porta-luvas estendido” de míseros 440 litros, menor que o porta-malas do finado Ford Ka+ que possui um porta-malas de 445 litros, mas é um carro nitidamente inferior. Se bem que o Cruze já é “carta fora do baralho” um “Walking Dead” que insiste em ser fabricado apenas na Argentina quando já deixou de ser produzido na China, na Coréia e nos Estados Unidos. Está morto no mercado faltando apenas enterrar.

 

Ainda no Brasil o único sedã da Chevrolet com um porta-malas razoavelmente decente é o Chevrolet Joy Plus que na verdade nada mais é que o antigo Chevrolet Prisma com novo nome, confira:

 

Chevrolet Joy Plus (antigo Prisma) | 500 litros iCarros
O SEDÃ DA DÉCADA – saiba mais clicando aqui
Comprimento: 4,27 m | Entre-eixos: 2,52 m | Largura: 1,70 m | Altura: 1,47 m
A partir de R$ 65.190,00 preço KBBB™
Preço por litro disponibilizado na capacidade do porta-malas: R$ 130,38

 

Dai a estranheza da matéria publicada pela Chevrolet esta semana, com vídeo tentando convencer o consumidor que o Chevrolet Onix Plus possui também 500 litros de capacidade de porta-malas, confira:

 

CHEVROLET MOSTRA COMO É FEITA A MEDIÇÃO DO PORTA-MALAS
Para acesso a matéria clique aqui

 

 

Controvérsias a parte, o fato é que oficialmente o carro possui apenas 469 litros de capacidade de porta-malas, o que nos leva a retirá-lo de qualquer posição de nossos rankings uma vez que o Toyota Corolla, o carro mais vendido do mundo, é nossa referência e este possui 470 litros de capacidade de porta-malas. Resumindo, por causa de 1 litro de capacidade a menos o Onix Plus deixa de figurar em qualquer de nossos rankings de porta-malas por estar fora de nossa classificação mesmo após a tentativa da GM de mostrar uma maior capacidade do porta-malas do carro.

 

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DE PORTA-MALAS:

 

De 505 litros até 529 litros | 1 estrela
De 530 litros até 554 litros | 2 estrelas
De 555 litros até 579 litros | 3 estrelas
De 580 litros até 604 litros | 4 estrelas
De 605 litros em diante | 5 estrelas

 

É isso ai pessoal, até a próxima!

 

Ricardo Rico
Membro da equipe Avalia Carros, Ricardo Rico é Instrutor de Trânsito formado pelo CEVAT credenciado pelo DETRAN/SP e também é DOV – Despachante Operacional de Voo.

 

Viu a nossa lista de SEDÃS TOP 500?
Acesse:

SEDÃS TOP 500 | Julho 2021

 

O Avalia Carros é uma iniciativa independente e como tal está aberto às propostas de negociação para parcerias de colaboração e publicidade, caso seja de seu interesse deixe recado nos comentários que entraremos em contato.
Equipe Avalia Carros

 

Rico Avalia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Arquivos

Nosso Feed